Quem quer ser um milionário?

Quem quer ser um milionário?

Não; não mudamos de nicho e tão pouco vamos falar de cinema neste artigo. Mas fica a pergunta no ar: Quem quer ser um milionário?

Com certeza todos responderão “Eu quero”, isto é óbvio, mas acontece, que o fator determinante que leva muitas pessoas ao empreendedorismo, a ser dono e gerir o próprio negócio é justamente esse: ser milionário.

A influência do cinema

Ultimamente, temos tomado conhecimento de algumas histórias incríveis sobre pessoas que com pouquíssimos investimentos conseguiram levantar empresas milionárias.

O cinema por exemplo, adora explorar estas histórias, como nos filmes “piratas do vale do silício”, “Em busca da Felicidade” e o mais recente, “A rede social”.

Diante de tanto glamour hollywoodiano, várias pessoas se sentem tentadas a buscar o mesmo sucesso enquanto empreendedoras, e aí que mora o perigo.

Pessoas que se tornam empreendedores pensando no dinheiro passarão por várias dificuldades

O dinheiro é importante, aliás, muito importante. Ninguém trabalha de graça, mas este não pode ser o fator determinante para a sua motivação.

Pessoas que se tornam empreendedoras por dinheiro passarão por várias dificuldades. Querendo ou não, fazer algo porque gosta, no fim das contas é um grande diferencial. Além disso, o empreendedor motivado tão somente pelo dinheiro, tomará decisões equivocadas e sempre haverá o risco do empresário ficar extremamente decepcionada e desmotivado, principalmente quando as coisas não derem certo e o retorno financeiro não for tão gratificante.

Fazer o que gosta é um diferencial

A grande maioria das empresas não sobrevivem aos dois primeiros anos. Vários são os motivos para tamanha mortalidade, mas com certeza, a falta de paixão do empreendedor é uma delas.

Um dos empreendedores que mais admiro, Marcos Gomes, fundador da boo-box, certa vez disse que a primeira coisa que um investidor percebe, é o brilho nos olhos do empreendedor.

Não é para menos, quando gostamos de verdade de alguma coisa, não nos importamos com desafios; ser o primeiro a chegar e o último a sair é apenas um detalhe; dormir menos de quatro horas por noite é fácil, e não será um a pequena crise financeira que irá destruir nosso ânimo.

Por outro lado, se você não ama de verdade a sua empresa e o mercado que atua, tudo isso será um grande martírio e os seus produtos e serviços, jamais irão atingir um patamar de qualidade que seus clientes esperam.

Decisões erradas

Pensar apenas no dinheiro fará com que o empreendedor tome decisões erradas para seu negócio. Inevitavelmente, quando fixamos uma meta; uma motivação, passamos a fazer o possível para alcança-la, mesmo que inconscientemente.

Quer um exemplo? Se em determinado momento você tiver de optar pela qualidade e inovação dos seus produtos ou entre sacrificar alguns clientes para ganhar mais, mesmo que a curto prazo, não tenha dúvidas de que a grande maioria irá escolher a segunda opção caso o seu grande objetivo seja ganhar dinheiro.

Decepção ao receber investimentos

Vamos colocar de lado toda a dificuldade existente em se conseguir captar capital de terceiros, mas digamos que mesmo assim você conseguiu atrair a atenção de investidores que capitalizem o seu negócio.

O empreendedor terá uma enorme decepção, pois o dinheiro investido, ao contrário do que muitos pensam, não é seu, e sim do investidor que quer ganhar dinheiro em cima da sua ideia.

Você só não terá acesso ao capital, como também terá de prestar contas ao investidor, esclarecendo como o montante esta sendo aplicado e quais os seus planos para o futuro.

Ou seja, se já era um saco (perdoe-me a expressão) antes, agora ficou pior.

Concluindo…

É claro que toda empresa deve sempre visar o lucro, caso contrário, não seria uma empresa  e sim uma ONG. Mas para o empreendedor, tornar-se rico não pode ser o grande motor desta jornada.

Se você entra em um mercado de que não gosta, tão somente para melhorar o saldo da conta bancária, infelizmente ( e inevitavelmente) você fará parte daquele grupo que fracassa com menos de dois anos. E quanto ao sonho de ser milionário… Fica para a próxima!