Planilha de Pagamento: O que é, Planilha e Como Calcular

Entenda na prática o que é folha de pagamento. Você quer entender melhor o que é a folha de pagamento e como enfrentar essa tarefa aparentemente burocrática para corrigir os indicadores financeiros e tributários da empresa?

Esse é um guia completo para não cometer erros.

Ao gerenciar o seu negócio, você provavelmente tem em mente as questões estratégicas para impulsionar as vendas, conquiste clientes e faça o negócio prosperar.

Mas a parte operacional da gerência também é essencial para o seu sucesso.

Neste artigo, você vai tirar todas as suas dúvidas sobre a folha de pagamento.

O que é o Folha de pagamento?

é o nome dado a uma lista de remunerações pagas aos empregados de uma empresa. Também é conhecido como holerite, o documento consiste na transformação das informações de trabalho de cada funcionário em dados contábeis, para calcular o pagamento líquido e o pagamento bruto.

Você ficou confuso?

Bem, calcular uma folha de pagamento realmente não é uma tarefa simples. Deve ter uma ideia sobre leis trabalhistas e noções de matemática financeira no setor contábil – como será entendido a seguir.

Folha de pagamento obrigatória

Nenhum conhecimento específico requerido na área de Recursos Humanos (RH), Brasil, preparar a folha de pagamento de funcionários é uma obrigação legal de qualquer empresa

bom sistema de gestão para manter esta documentação organizada é essencial para evitar complicações futuras, como processos de trabalho.

Realizar o cálculo de uma folha de pagamento representa uma grande responsabilidade. Principalmente porque os detalhes nele contidos funcionam como uma espécie de oficial histórico dentro da empresa. O documento possui uma função operacional, contábil e fiscal.

Como a folha retrata a atividade exercitada e reflete a remuneração do trabalhador, ela pode ser usada para o tempo para financiar um carro ou um carro, por exemplo. O documento é mesmo um requisito para a aposentadoria. Daí a importância de manter um sistema bem organizado.

Uma vez que o cálculo da planilha requer conhecimento específico, ela geralmente é deixada para o departamento pessoal nas empresas. Neste ponto, muitas organizações optam por terceirizar o serviço e contam com a ajuda de uma empresa da contabilidade para que todos os valores sejam observados com precisão.

Cabe à RH verificar se a legislação está sendo cumprida.

Como calcular a folha de pagamento

O cálculo adequado da folha de pagamento é muito importante.

empresas, folha é constituída pela soma de todos os registros de um funcionário: salários, datas de vencimento, descontos e bônus. Nesse cálculo, elementos como horas extras, descontos por benefícios – vale transporte e alimentação, por exemplo – devem entrar, assim como a incidência de impostos.

É responsável pela contabilidade transformando todos os fatores valores numéricos expressos por meio de códigos, referências e porcentagens, que resultam na folha de pagamento .

Se você não é um especialista, não precisa entender essa linguagem contábil, mas é interessante saber como o documento foi preparado.

1. Classificação do funcionário

Para iniciar o cálculo, o desenvolvedor é classificado de acordo com sua categoria . Este, por sua vez, é regulado por uma Convenção Coletiva, da qual devem ser obedecidas as regras básicas para o cálculo dos valores da folha.

2. A análise da jornada de trabalho

A próxima etapa consiste na observação da folha de pontos de cada funcionário, onde horas trabalhadas, horas extras, dias adicionais ou horas devem ser documentadas. descanso pago, por exemplo. Também é necessário verificar se houve falhas no mês e se elas foram justificadas.

Quando há justificação da ausência através de um atestado médico em caso de doença, por exemplo, a culpa pode ser paga. Caso contrário, o desconto bruto do pagamento será feito.

3.cálculo da folha de pagamento

No cálculo da folha de pagamento, os descontos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), para para garantir os benefícios mensais na aposentadoria como dedução do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Com base nesse cálculo, o desconto do Imposto de Renda é feito.

4. Dedução de benefícios legais

Finalmente, ainda é necessário descontar os valores dos benefícios legais para o exemplo do vale-alimentação, vale de transporte ou contribuição sindical, para então identificar o valor de retorno ao trabalho no final do mês

Folha de pagamento

Como você viu, há muitos detalhes para ficar de olho, certo?

Mas calcular salário, INSS e horas extras de seus funcionários pode ser uma tarefa mais simples do que você imagina, contanto que você use a ferramenta correta para fazer isso.