O que fazer para lucrar com a Black Friday 2019

78% das pequenas empresas no Brasil não estavam planejadas para a ultima Black Friday. Saiba por que sua empresa precisa investir nessa data.

Uma pergunta muito importante para se fazer quando pensar em Black Friday é a seguinte pergunta: sua empresa se preparou para aproveitar ao máximo as oportunidades que surgem nesta época do ano? Se a resposta foi “não”, você não está sozinho – e isso não é uma boa notícia.

Cerca de 78% das pequenas empresas no Brasil não estavam planejadas para a data. Estes são dados de uma mini-pesquisa realizada pela Conta Azul e Neon Payments com o objetivo de identificar o nível de maturidade de preparação das PME para Black Friday.

Os motivos da falta de planejamento são a falta de recursos financeiros para novos investimentos e também tempo para pensar em ações específicas para a ocasião. Além disso, mais da metade dos entrevistados acreditavam que a Black Friday não seria melhor para seus negócios do que no ano anterior.

Black Friday: Uma Oportunidade

Apesar desse pensamento, a edição da Black Friday faturou mais de R$ 2,5 bilhões – um aumento de 15% em relação a 2017. Isso mostra sua consolidação como uma importante data comercial no país. No setor de comércio, ainda mantém relevância significativa junto ao Natal e ao Dia do Consumidor.

Seria um sinal?

No setor de pequenas empresas, diferencie da concorrência e formule ações voltadas para a data, pode ser uma estratégia de sinalização e ambas. Pensando nisso, separamos 03 dicas essenciais para projetar uma boa Black Friday em 2019 – e também outras promoções de sucesso.

Conheça a saúde financeira da sua empresa

Uma das estratégias indicadas para garantir que o seu negócio seja bem sucedido na Black Friday é ter clareza da saúde financeira da sua empresa. Com isso, é possível direcionar esforços para ações que tragam retornos mais rápidos, saber quais produtos podem ter os melhores descontos e quais são os investimentos necessários para que a operação corra bem.

Para uma pequena empresa que conhece profundamente seu capital de marketing, ela pode se tornar uma realidade na Black Friday e afetar significativamente os resultados.

Invista em ferramentas tecnológicas

Investimentos em tecnologia podem ajudar a melhorar o entendimento que o dono do negócio tem sobre a sua empresa. Atualmente, as plataformas em nuvem, que são integradas a vários aplicativos e também a instituições financeiras, surgem como as ferramentas mais adequadas para os empreendedores terem visão em tempo real do que acontece em suas empresas.

22% das empresas pesquisadas concordam com essa afirmação e fizeram investimentos em tecnologia para aproveitar a Black Friday da melhor maneira possível.

Tenha parceiros estratégicos

Finalmente, conte com o apoio de profissionais que tenham conhecimento sobre gestão de negócios. Aproximadamente 60% dos empresários fizeram o planejamento apenas para a Black Friday de 2018.

No grande número de anúncios feitos por empresas dos mais diversos portes, é importante ter ao seu lado um parceiro estratégico que possa fornecer soluções criativas. Isso ajudará a destacar suas ofertas e capturar o interesse dos consumidores mais compulsivos.

Outro parceiro (e ambos) para qualquer tipo de promoção é a sua contabilidade. No final, não serve para baixar os preços sem ter uma visão real do impacto nas finanças da sua empresa.

Que tal fazer diferente em 2019?

Se a sua empresa não se preparou para a Black Friday 2018, comece a pensar em como aproveitar melhor essas oportunidades no próximo ano.