Skip to main content
desenvolvimento pessoal e profissional

Desenvolvimento pessoal e profissional , a verdade..

Hoje o artigo será sobre desenvolvimento pessoal e profissional, um tema que gosto muito de estudar e refletir.

Gostaria de falar um pouco mais sobre como o ser humano é capaz de barrar sua própria evolução!

O artigo é fruto dos meus pensamentos e como tenho enxergado algumas atitudes do ser humano. O tema está relacionado com sucesso pessoal e profissional, dois fatores importantes para você ter resultados no seu negócio.

Nesse artigo gostaria de ir direto ao ponto e falar sobre um câncer que cresce no interior de cada ser humano:

O Preconceito.

Talvez, você vai ler esse artigo e ignorar que ele exista, assim como fazem a grande maioria das pessoas. Não quero criar confusão a cerca do tema, é apenas meu ponto de vista.

De acordo com Wikipédia o termo preconceito é  (prefixo pré- e conceito) é um “juízo” preconcebido, manifestado geralmente na forma de uma atitude “discriminatória” perante pessoas, lugares ou tradições considerados diferentes ou “estranhos”. Costuma indicar desconhecimento pejorativo de alguém, ou de um grupo social, ao que lhe é diferente. As formas mais comuns de preconceito são: social, “racial” e “sexual”.

Partindo dessa linha de raciocínio, gostaria de falar sobre o preconceito contra alguns modelos de negócios na internet como marketing de redemarketing de afiliados entre outros.

Tenho a impressão que isso acontece, porque nossa sociedade prega que sigamos uma tendência, um comportamento, ou uma ideia o chamado “paradigma”.

Paradigma é (do grego parádeigma) um modelo, é a representação de um padrão a ser seguido. É um pressuposto filosófico, matriz, ou seja, uma teoria, um conhecimento que origina o estudo de um campo científico; uma realização científica com métodos e valores que são concebidos como modelo; uma referência inicial como base de modelo para estudos e pesquisas.

Quando uma pessoa resolve não seguir esse “padrão” o que acontece é justamente o preconceito!

O preconceito não acontece só contra os homossexuais ou contra a raça da pessoa. Existem tantos tipos de preconceitos e estereótipos na sociedade. Mas esse artigo não é para falar sobre preconceitos desse gênero.

Hoje eu quero falar sobre o nosso preconceito interior, esse que é capaz de barrar e destruir sua evolução como pessoa.

Tem uma história a cerca do paradigma que gostaria de compartilhar com vocês.

COMO NASCE UM PARADIGMA?

Resultado de imagem para paradigma

Um grupo de cientistas colocou cinco macacos numa jaula, em cujo centro puseram uma escada e, sobre ela, um cacho de bananas.

Quando um macaco subia a escada para apanhar as bananas, os cientistas lançavam um jato de água fria nos que estavam no chão.

Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada, os outros o enchiam de pancadas.

Passado mais algum tempo, nenhum macaco subia mais a escada, apesar da tentação das bananas.

Então, os cientistas substituíram um dos cinco macacos.

A primeira coisa que ele fez foi subir a escada, dela sendo rapidamente retirado pelos outros, que o surraram.

Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo não mais subia a escada.

Um segundo foi substituído, e o mesmo ocorreu, tendo o primeiro substituto participado, com entusiasmo, da surra ao novato.

Um terceiro foi trocado, e repetiu-se o fato. Um quarto e, finalmente, o último dos veteranos foi substituído.

Os cientistas ficaram, então, com um grupo de cinco macacos que, mesmo nunca tendo tomado um banho frio, continuavam batendo.

Naquele que tentasse chegar às bananas.

Se fosse possível perguntar a algum deles porque batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria:

– Não sei as coisas sempre foram assim por aqui.

 As pessoas fazem as mesmas coisas todos os dias, acreditando que terão resultados diferentes.

desenvolvimento pessoal e profissional

– O modelo de negócio online é bem diferente do modelo de negócio imposto pela sociedade.

– Não é um negócio de carteira registrada, de patrão, de salário fixo e todas essas coisas.

As pessoas fazem as mesmas coisas todos os dias, acreditando que terão resultados diferentes!

O modelo de marketing de rede é um modelo que não se encaixa no paradigma da sociedade. Nos dias de hoje, os profissionais de marketing de rede mesmo sabendo que seu modelo de negócio é legalizado, ainda precisa quebrar paradigmas e desmitificar os preconceitos da sociedade.

Sim, minha gente!

Em pleno século XXI na era da tecnologia e informação disponível para todos, ainda existe aquela velha confusão de pirâmide financeira X Marketing de rede.

 

O bendito paradigma e preconceito é um câncer que parece não ter cura!

 

 

O que eu acho mais engraçado nisso tudo é viver num país onde jogo de loteria, bebida alcoólica, e tabaco é legalizado, enquanto marketing de rede é considerado um modelo de negócio ilícito ou pirâmide disfarçada na visão paradigma de cada um.

Na realidade está bem claro, quanto à legalidade do sistema de marketing de rede, mas mesmo assim o bendito preconceito faz você acreditar que ele não seja.

O preconceito é uma doença mortal.

O preconceito não deixa você enxergar ou pensar fora da caixa.

 

Sair da zona de conforto é preciso para obter resultado no desenvolvimento pessoal e profissional.

 

A Lagarta é um animal que nos ensina muitas lições.

Todos sabem que uma lagarta se transforma em borboleta não é?

Durante esse período, a lagarta fica dentro de um casulo até se transformar em borboleta. Eu acho tão bonito porque a lagarta é um bicho esquisito, mas depois se transforma numa linda borboleta. Eu aprendo uma grande lição nesse processo.

A lição que eu aprendo, é que podemos viver por um tempo dentro de um casulo (sem conhecimento), até nos transformamos numa linda borboleta (mudança de pensamento, paradigma ou ideia).

 

 

Podemos ser como as borboletas ou como as toupeiras que vivem debaixo da terra sem ver a luz do sol ou sem pensar fora da caixa (viver de acordo com os parâmetros impostos pela sociedade).

As escolhas que fazemos, será fator determinante para a evolução de nossa vida pessoal e profissional. Você nunca mais poderá viver duas vezes a data de nove de Dezembro de 2011.

Essa data está disponível hoje para você. Você poderá decidir deixar passar em branco ou fazer algo para mudar.

Quando chegar a data de 10 de Dezembro de 2011, você não poderá mais voltar o tempo. O tempo é dado igualmente para todos. Haverá uma parcela que agiu e outras  que deixaram o relógio correr.

Faça algo pela sua vida, enquanto o ar corre em seus pulmões, enquanto você tem oportunidade.

Amanhã se der tudo errado, não culpe sua família pelos teus erros e fracassos. Tudo que acontece em nossa vida é baseado em nossas decisões: Se você se direciona para o caminho errado, você teve livre arbítrio para definir suas escolhas.

 

desenvolvimento pessoal e profissional

 

Para encerrar, vou deixar um lindo pensamento que eu amo e que acrescenta tudo aquilo que foi dito nesse artigo.

Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida.

Um dia, quando os funcionários chegaram para trabalhar, encontraram na portaria um cartaz enorme, no qual estava escrito:

“Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida na Empresa. Você está convidado para o velório na quadra de esportes”.

No início, todos se entristeceram com a morte de alguém, mas depois de algum tempo, ficaram curiosos para saber quem estava atrapalhando sua vida e bloqueando seu crescimento na empresa. A agitação na quadra de esportes era tão grande, que foi preciso chamar os seguranças para organizar a fila do velório. Conforme as pessoas iam se aproximando do caixão, a excitação aumentava:

– Quem será que estava atrapalhando o meu progresso?
– Ainda bem que esse infeliz morreu!

Um a um, os funcionários, agitados, se aproximavam do caixão, olhavam pelo visor do caixão a fim de reconhecer o defunto, engoliam em seco e saiam de cabeça abaixada, sem nada falar uns com os outros. Ficavam no mais absoluto silêncio, como se tivessem sido atingidos no fundo da alma e dirigiam-se para suas salas. Todos, muito curiosos mantinham-se na fila até chegar a sua vez de verificar quem estava no caixão e que tinha atrapalhado tanto a cada um deles.

A pergunta ecoava na mente de todos: “Quem está nesse caixão”?

No visor do caixão havia um espelho e cada um via a si mesmo. Só existe uma pessoa capaz de limitar seu crescimento: VOCÊ MESMO! Você é a única pessoa que pode fazer a revolução de sua vida. Você é a única pessoa que pode prejudicar a sua vida. Você é a única pessoa que pode ajudar a si mesmo.

“Sua vida não muda, quando seu chefe muda, quando sua empresa muda, quando seus pais mudam, quando sua namorada muda”

Sua vida muda, quando você muda!

Você é o único responsável por ela.

O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos e seus atos. A maneira como você encara a vida é que faz toda diferença. A vida muda, quando “você muda”.

 

Pense bem e decida sair da zona de conforto. Faça algo pela sua vida. Ninguém fará isso por você a não ser você mesmo.

 

Se você deseja ter uma vida melhor, em todos os sentidos, através da mudança do seu modo de pensar, vou te apresentar o curso que mudou minha vida.

Através dele, consegui mudar meus paradigmas e criar uma vida muito melhor.

Hoje posso dizer que sou realizado.

O nome do treinamento é: Sua mente tem poder.

Para saber mais sobre este incrível treinamento, clique no botão abaixo!